quinta-feira, 1 de abril de 2010

The Grudge - A Maldição 3 (2009)

"You can't escape the curse."

Sendo f
ã da saga "Ju-on" e ter gostado mais ou menos do seu remake "The Grudge" (com Sarah Michelle Gellar), estava curiosa em relação ao terceiro filme da saga. Quer dizer, pior que o "The Grudge 2" seria absolutamente impossível, pensava eu. Estou seriamente a considerar em começar a levar a sério o título do filme... The Grudge 3 é uma verdadeira maldição, a evitar a todo o custo. A principal razão pela qual estou a fazer uma crítica a este filme é mesmo para vos aconselhar a não vê-lo. Perceberão porquê. Só para verem, The Grudge 2 foi tão mal recebido que o terceiro nem sequer estreou no cinemas, foi directo para DVD.
Na passada segunda feira decidi dar uma segunda oportunidade ao filme. Já o tinha visto um
a vez com um grupo de amigos, mas como não o tinha visto com a devida atenção, decidi tentar mais uma vez, desta vez na companhia da minha irmã.

A história retoma os eventos do filme anterior, onde a maldição estava a afectar uma família em Chicago, matando-os um por um. O único sobrevivente do massacre no filme anterior, Jake (Matthew Knight), é hospitalizado, mas continua, porém, a ser atormentado pelas visões de Kayako e Toshio. O filme vai-se centrar na história de 3 irmãos que, vivendo no mesmo apartamento que a família de Jake vivia, começam também a ser ameaçados pelos fantasmas Kayako e Toshio e rapidamente começam a lutar pelas suas vidas. Dispostas a acabar com a maldição estão uma misteriosa jovem japonesa, que acaba por ser a irmã de Kayako, e a Dra. Sullivan (Shawnee Smith) que, após a morte do seu paciente Jake, começa a investigar a estranheza dos factos que levaram à sua morte.

O realizador do The Grudge 3 é Toby Wilkins, e não Takashi Shimizu, que é o verdadeiro mestre por detrás da saga "Ju-on". Bom, obviamente que Wilkins não pegou bem na história, mas também não deve ser inteiramente responsabilizado... Após a desgraça do segundo filme, era impossível fazer grande
coisa. Mas agora conseguir fazer pior que o segundo, é uma verdadeira proeza. Estava à espera de partes que me fizessem saltar da cadeira. Mas isso não acontece. Acreditem que não é bom sinal quando a única coisa que vos acaba por assustar é a vibração do telemóvel, que não tem nada a ver com o filme. Acho que tudo, nesse aspecto, falha. Não há qualquer tipo de build-up e parece que o filme está a encaminhar para o nada. Sinceramente não vi objectivo nenhum neste filme. O argumento, portanto, não vale mesmo grande coisa.
E pergunto-me seriamente porque é que Takako Fuji não interpretou K
ayako nest filme,visto que o fez na saga "Ju-on" mais os remakes. É que a actriz Airo Horiuchi não interpreta Kayako como Fuji fazia, e na minha opinião vê-se logo a diferença, que não é positiva. Os seus movimentos em vez de serem assustadores, até se tornam cómicos (ok, há uma ou outra cena que até faz bem, mas não com a mesma eficácia que Fuji). Digo-vos, até a minha irmã Joana faria um melhor papel. Sim, porque ela achou divertídissimo andar a imitar a Kayako às 3 da manhã (e isso já foi um bocadinho assustador). E digo o mesmo para o Toshio. O rapaz que interpretou o Toshio neste filme era demasido velho...
O que impede verdadeiramente este filme de cair na nulidade total foi a Shawnee Smith. Gosto imenso dela, mas é pena é não entrar no filme tempo suficiente para salvá-lo da mediocridade.

Concluindo, este filme não é nada recomendável.Se o virem com um grupo de amigos e isso, até pode ser que se torne engraçado, mas não há mesmo grande coisa que o possa salvar de ser verdadeiramente mau.

EXAME

Realização: 5/10
Actores: 6/10
Argumento/Enredo: 5/10
Duração/Conteúdo: 5/10
Transmissão da ideia principal do filme para o espectador: 4/10

Média Global: 5/10

Critica feita por Sara Queiroz

Informação

Título em português : A Maldição 3
Título Original: The Grudge 3
Ano: 2009
Realização: Toby Wilkins
Actores: Matthew Knight, Shawnee Smith, Johanna Brady

Trailer do filme

0 comentários:

Enviar um comentário