quinta-feira, 20 de outubro de 2011

TOP 10 Cinema Alemão



Vamos prosseguir com o nosso Especial Cinema Europeu, desta vez apresentando o nosso TOP 10 do cinema alemão.

Devo realçar novamente que as listas são inteiramente subjectivas, ou seja, esta lista vai reflectir apenas o meu gosto pessoal e, claro está, o conhecimento que tenho do cinema alemão. Partilhem a vossa opinião!



10. Sophie Scholl Die letzten Tage – The Final days (2005)


Munique, 1943. Hitler está a devastar a Europa. Um grupo de jovens universitários recorre à resistência passiva para combater os nazis, formando o movimento Rosa Branca. Sophie Scholl era a única mulher do grupo, de apenas 21 anos.
O filme retrata os seus últimos dias da activista. Julia Jentsch, que também está muito boa em The Edukators, personifica Sophie lindamente e consegue fazer com que nos prendamos à personagem.

Crítica: N/A
Trailer:


9. Die fetten Jahre sind vorbei - The Edukators (2004)


Três estudantes berlinenses acreditam que o capitalismo é o único responsável por todo mal da humanidade . Por conta disso, resolvem fazer a "revolução" invadindo e cometendo actos de vandalismo em mansões burguesas, nomeando-se os "educadores": precisam deixar claro para os mais ricos que eles já têm "demais".
Um grande filme que ataca a globalização e os gigantes corporativos, com uma boa performance dos três principais, destancando Daniel Brühl.

Crítica: N/A
Trailer:



8. Good Bye, Lenin! (2003)


Christiana (Katrin Sass) é uma senhora socialista que sofre um ataque cardíaco após ter testemunhado a detenção do seu filho Alex (Daniel Brühl). Assim, fica em estado comatoso durante a queda do muro de Berlim e da República Democrática Alemã, acordando após estes eventos. Sabendo que ao mínimo choque a sua mãe poderá ter algo fatal, Alex elabora um esquema para manter em segredo a queda da Alemanha Oriental.
Um filme com traves cómicos e tristes ao mesmo tempo, está bastante interessante e é altamente recomendado. Daniel Brühl no seu melhor.

Crítica: Brevemente
Trailer:




7. Der Untergang - Downfall (2004)


Der Untergang foi controverso na Alemanha devido ao retrato muito "humano" de Adolf Hitler- uma controvérsia pouco inteligente,na minha perspectiva. É uma longa que retrata os últimos dias do ditador, encerrado num bunker de uma Berlim em ruínas, cercada por russos e já irremediavelmente perdida.
Bruno Ganz é um dos melhores actores da Alemanha e neste filme contestamos esse facto, encarnando Adolf Hitler na perfeição. O realizador Oliver Hirshbiegel conseguiu um grande relato de um dos maiores tiranos da História.

Crítica: Aqui
Trailer:




6. Der Baader Meinhof Komplex - The Baader Meinhof Complex (2008)


Der Baader Meinhof Komplex retrata a história da RAF, que era um grupo com uma ideologia comunista: espalhavam o terror e pânico numa época da Alemanha pós-guerra, ameaçando a democracia do território alemão ocidental. Nessa época havia uma enorme fragilidade política e económica, devido à divisão do capitalismo e comunismo.

O filme é valioso e denso, e que retrata História alemã contemporânea que as pessoas deviam conhecer. Conta com a performance magnífica do actor Moritz Bleibtreu (dos meus favoritos, verão que durante este TOP ele voltará a aparecer algumas vezes).

Crítica: Aqui
Trailer:



5. Die Welle - The Wave (2008)


Paralelamente a Das Experiment, Die Welle também retrata uma "lavagem cerebral", uma experiência pedagógica com base numa pergunta: será de novo possível emergir um regime político semelhante ao nazi-fascismo? Durante sete dias, um Professor propõe aos alunos da sua turma que deverão reproduzir comportamentos baseados nos elementos centrais da ideologia fascista. A pergunta inicial acaba por ser respondida e os comportamentos trazem repercussões inesperadas.
A abordagem do realizador prendeu-me do início ao fim. A performance de Jürgen Vogen é estonteante. Uma obra inteligente que deve ser vista!

Crítica: Aqui
Trailer:




4. Das Experiment – The Experiment (2001)


O cinema alemão inclui este interessante Das Experiment, que conta a história de uma experiência social de 14 dias, em que vinte desconhecidos são separados entre dois grupos, prisioneiros e guardas, e são submetidos a diversos tipos de situações.
É um filme que tem como pontos positivos a realização e o elenco (mais uma vez, com o magnífico Moritz Bleibtreu), mas que tem a sua narrativa exposta de uma maneira bastante irreal ; consegue ser simples e exagerado ao mesmo tempo, mas não deixa de ser muito interessante. É um filme a não perder!

Crítica: Aqui
Trailer:



3. Das Leben der anderen - The Lives of Others (2006)


Das Leben der Anderen passa-se em 1984, Alemanha Oriental. O filme retrata o sistema de espionagem existente durante o período da Guerra Fria. Um casal suspeito de ser infiel à ideologia comunista passa a ser observado pelo frio e calculista Capitão Gerd, temido agente dos serviços secretos, que fica começa a ficar fascinado pelas suas vidas e personalidades.
Digo com muita certeza que é dos melhores filmes alemães de sempre, e que deve ser obrigatoriamente visto e revisto. Foi a estreia do realizador Florian Henckel von Donnersmarck, e acertou em cheio! O actor Ulriche Muhe está sublime, que interpreta o agente.
Crítica: N/A
Trailer:




2. Lola Renntz - Run Lola Run (1998)



Lola Renntz é icónico! É um filme em que o tempo é a personagem principal da história, pois dita as acções de Lola e as suas consequências. A história começa com um telefonema de Manni, que explica a Lola em desespero que precisa de 100,000 marcos em vinte minutos, senão é um homem morto. A partir daí, seguimos Lola na tentativa de ajudar o namorado e resolver a situação, com três finais diferentes.
Temos excelentes interpretações de Franka Potente e do magnífico e aqui jovem Moritz Bleibtreu. Amantes de trance e techno, adorarão a banda sonora. Um filme que pode não ser para todas as pessoas, mas é um excelente techno mind game.

Crítica: Brevemente
Trailer:





1. Das Boot - The Boat (1981)


O que seria um TOP alemão sem ter em primeiro lugar Das Boot? O tema do nazismo é sempre interessante em filme, mas Das Boot consegue ser ainda mais. Recomendo vivamente este grande clássico e obrigatório filme, que nos transmite com bastante veracidade o terror passado nos submarinos durante a guerra.
Das Boot passa-se em 1941, na França ocupada. A jovem tripulação alemã dum submarino classe U tem a sua noite de despedida antes de se fazerem ao mar: divertem-se como se amanhã não existisse, pois sabem que dos 40.000 tripulantes alemães do submarinos, somente 10.000 regressarão vivos a casa.

Crítica: Aqui
Trailer:





Outros:

Photobucket



E ainda:
Die brucke

A woman in Berlin
23


Honorable mentions :

Metropolis (1927)
Matou (1931)
Das Cabinet des Dr. Caligari (1920)
Nosferatu, eine Symphonie des Grauens (1922)
Frau im Mond (1929)
M - Eine Stadt sucht einen Mörder (1931)

* Triumph des Willes - Triumph of the Will (1934)

* Nota: Triumph of the Will é um filme de propaganda nazi, e que marca o cinema Hitleriano.
Apesar da sua natureza, não deixa de ser um bom filme de propaganda.

por Joana Queiroz

5 comentários:

  1. Da sua lista principal assisti sete filmes e considero todos ótimos. Incluiria apenas "Das Weisse Band", que vc citou posteriormente.

    Até mais

    ResponderEliminar
  2. Não gosto nada do Run Lola Run e lamento um bocado a ausência de clássicos e de Fassbinder, mas não deixam de haver grandes filmes aqui no meio, como o Der Untergang ou o Die Welle.

    http://onarradorsubjectivo.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. @ Hugo: Destacar Das Weisse Band na lista principal implicaria "despromover" um dos outros dez; gostei do filme, daí tê-lo citado posteriormente, mas haviam outros que preferi dar destaque ;)


    @ O Narrador Subjectivo: Lola Renntz é um filme que pode não agradar à maioria, é verdade. Mas gostei da sua estrutura e achei que era um filme pouco convencional.
    Alguns clássicos que poderão estar ausentes é mesmo porque não tive oportunidade de os ver. As honorable mentions que fiz são os clássicos que já vi :). Fassbinder tem bons filmes, destacando Die Ehe der Maria Braun, que está bastante interessante.

    @ Alexandre Maki:
    Wings of Desire (Der Himmel über Berlin) - não sei se reparaste, mas eu mencionei o filme em "Outros". Adoro esse filme, o Bruno Ganz está fantástico. Acho bem melhor que City of Angels, por exemplo.

    Faraway, So Close! (In weiter Ferne, so nah!)? - por incrível que pareça, nunca vi na sua totalidade. Falha minha, eu sei, mas escapou-me.

    The Never Ending Story (Die unendliche Geschichte) - Adoro o realizador Wolfgang Petersen (só com o Das Boot já me fez venerá-lo), mas eu não gostei muito do Die unendliche Geschichte. Lá está, esta lista reflecte o meu gosto pessoal.

    Obrigada pelos comentários :)

    ResponderEliminar
  4. quero ver alguns desses filmes, aonde encontro dvd para comprar esses titulos, tem legenda em portugues..
    aguargo resposta.. sonia portoalegre

    ResponderEliminar