quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

TOP Ficção Científica - Década de 2000


O género Sci-Fi sofreu algumas alterações com o passar do tempo, mas mesmo assim continua a ser um género inovador e que arrasta multidões (ou pelo menos os fãs devotos). Sou muito suspeita, constitui um dos meus géneros favoritos.

Nos anos compreendidos entre 2000 e 2009, alguns filmes de ficção científica não se limitaram apenas a elementos-tipos do género (aliens, espaço, etc), mas sim decidiram misturar alguns elementos com outros géneros (thriller, comédia, terror, etc.) Alguns exemplos são o filme The Eternal Sunshine for the Spotless Mind que mistura Romantismo, e a saga Resident Evil que mistura o terror.
Devo dizer que, dentro da ficção científica, gosto mais dos filmes que envolvam o espaço, mas todos são bem vindos para mim.

Seguem então os 10 filmes que considero serem os melhores da década de 2000.

10. Eternal Sunshine of the Spotless Mind (2004)

Photobucket

Eternal Sunshine of the Spotless Mind contém elementos de drama, romance e ficção científica. Conta com as magníficas interpretações de Kate Winslet e Jim Carrey; em relação a este último, ouso mesmo dizer que merecia ter ganho um Óscar.
Joel (Jim Carrey) fica de coração partido ao descobrir que a sua namorada Clementine (Kate Winslet) fez um procedimento para o apagar da sua memória. Desesperado, Joel contacta o inventor do processo para que este lhe elimine também Clementine da memória. Mas à medida que a sua memória é apagada, Joel redescobre o seu amor por ela.
Recomendadíssimo.

Crítica: N/A
Trailer:




9. Children of Men (2006)


Photobucket

Realizado por Alfonso Cuáron e contando com um elenco de luxo, Children of Men é um óptimo filme de ficção científica. O realizador presenteia-nos com excelentes sequências de acção e podem contar com um filme muito intenso.
A história passa-se em 2027, época em que os humanos já não conseguem gerar descendentes, pois as mulheres não conseguem engravidar. Assim, a humanidade discute a possibilidade de extinção. Theodore Faron (Clive Owen) é um burocrata e que vive em uma Londres arrasada pela violência e pelas seitas nacionalistas em guerra; Theodore conhece uma jovem que misteriosamente está grávida. Eles passam a protegê-la a qualquer custo, por acreditar que a criança pode vir a ser a salvação da humanidade.

Crítica: N/A
Trailer:




8. Cloverfield (2008)


Photobucket

Algumas pessoas que viram o filme, sabendo que é de terror, devem pensar "Mas o que é que isto está a fazer num TOP de Sci-fi, mesmo?". Cloverfield, para mim, é um filme de ficção científica, pois tem um elemento crucial , o monstro "alien". Faz-me lembrar daqueles military science fiction films, combinado com elementos de terror. O filme é do género shaky camera, e adoro a sensação de first person view, é realmente fantástico.
Cinco jovens estão a preparar uma festa de despedida para um amigo, quando de repente um monstro arrasa a cidade de Nova Iorque. O filme é um testemunho da tentativa de sobrevivência ao terrificante acontecimento das vidas dos cinco jovens.

Crítica:
 Aqui
Trailer:



7. Minority Report (2002)

Photobucket

A dupla magnífica Steven Spielberg + Tom Cruise volta a supreender mais uma vez, e desta vez para os fãs de ficção científica. Minority Report é um filme de cortar a respiração, adoro-o e realmente faz justiça ao género.
O filme remete para 2054, tempo esse em que a polícia consegue antecipar o crime, utilizando uma tecnologia que os prevê e permite prender os criminosos antes de efectivamente o serem. Um dos agentes desse corpo policial tem de repente a revelação de que ele próprio cometerá um crime, o que o leva a procurar desesperadamente a razão que o levará a cometê-lo.

Crítica: 
Brevemente
Trailer:




6. Avatar (2009)

Photobucket

Algumas pessoas odeiam, outras adoram; confesso estar no último grupo. James Cameron, mais uma vez, atingiu o jackpot. Depois de Titanic, Avatar foi algo inovador, e além disso foi o primeiro filme em 3-D que vi (e o único que é perfeito em 3D).
Os efeitos especiais fazem o filme, é um facto, mas não deixa de ser um filme obrigatório. Toca em pontos sensíveis, como o amor e a amizade, como também mistura acção. É um filme futurista, como não poderia deixar de ser. Não vou adiantar muito sobre a sinopse, mas adianto que devem mesmo ver o filme.

Crítica: Brevemente
Trailer:




5. Donnie Darko (2001)

Photobucket

Donnie Darko é um filme psicológico e de supense, mas tem definitamente elementos de sci-fi. Conta com um grande elenco: Jake e Maggie Gyllenhaal, Drew Barrymore, Patrick Swayze, entre outros. É considerado um filme de culto da década.
Um adolescente, de nome Donnie Darko (Jake Gyllenhall) recebe ordens de um coelho gigante para que mate, queime, destrua e traga o pânico para a pequena cidade do interior onde mora. Frank, o coelho gigante, diz ao rapaz para sair de casa, pois o mundo terminaria dentro de 28 dias, seis horas, 42 minutos e 12 segundos, ou seja, na noite de Halloween, a 30 de outubro de 1988.

Crítica:
 Brevemente
Trailer:




4. Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith (2005)

Photobucket

Tal como Star Trek, a Saga Star Trek emana ficção cientifica, e é das mais populares e épicas do género. Em 1999 e inicio da década de 2000, George Lucas brindou-nos com três filmes que seriam uma prequela para os filmes da trilogia Star Wars dos anos 70 e 80. Adoro os 6 filmes, mas reduzindo aos dois da década de 2000, devo dizer que o último é efectivamente o melhor.
Chanceler Palpatine e as suas mudanças políticas transformaram a enfraquecida República no poderoso Império Galáctico. Palpatine revela também os segredos da Força a Anakin Skywalker, numa tentativa de o atrair para o lado negro. 

Crítica: 
Brevemente
Trailer:



3. District 9 (2009)



Photobucket

District 9 é um marco na história da ficção científica. É um filme inteligente, com temáticas bastante importantes, como a xenofobia e a segregação social. Faz um excelente paralelismo com o Apartheid.
Uma raça extraterrestre, que aterrou na terra há 20 anos atrás, vive segregada dos humanos numa área degradada chamada District 9 em Joanesburgo, África do Sul. A MNU é a empresa que fica responsável pelo controlo dos aliens e pela relocalização da sua população mas tem também outros interesses: tomar posse da biotecnologia dos aliens para fabricar um perigoso armamento. A tensão entre humanos e extraterrestres cresce, sobretudo quando Wikus van de Merwe (Sharlto Copley) um operacional da MNU, contrai um vírus contagioso que modifica o seu DNA. Wikus torna-se no homem mais procurado do mundo sendo obrigado a fugir… e sem casa e sem amigos, só tem um lugar onde se esconder: o Distrito 9.

Crítica: Aqui
Trailer:





2. Moon (2009)

Photobucket

Moon foi a surpresa do ano e foi imediatamente considerado um dos melhores filmes da década e pessoalmente um dos meus favoritos. A realização/argumento de Duncan Jones, a interpretação de Sam Rockwell e a magnífica banda sonora de Clint Mansell constituem os três grandes pilares para este magnífico filme!
O astronauta Sam Bell (Sam Rockwell) é enviado numa missão de três anos para o outro lado da Lua. A sua base lunar perdeu a comunicação com a Terra, ficando isolado. Felizmente, o seu contrato está a acabar e em breve poderá voltar para casa, junto da sua mulher e filha. Contudo, Sam sofre um estranho acidente e descobre algo que coloca tudo em questão. 

Crítica: Aqui

Trailer:



1. Star Trek (2009)

Photobucket

Star Trek é das franchises mais famosas de ficção científica. Representa o género galáctico do Sci-Fi.
Em 2009, o realizador J.J Abrams teve a magnífica ideia de fazer este filme. É o décimo primeiro filme baseado na Star Trek franchise, e devo dizer que está absolutamente fantástico!
Conta com as interpretações de Chris Pine como James T. Kirk e de Zachary Quinto como Spock.

Crítica: Brevemente
Trailer:



Outros:

Photobucket


E ainda:
Terminator Salvation

 AI Artificial Intelligence
Resident Evil series
Pitch Black
28 days Later
Solaris
Pandorum, I,Robot


por Joana Queiroz

7 comentários:

  1. Queres ver o Cloverfield (ou Tretafield ou ainda BullShitField, na nova nomenclatura)? Não vejas. Mas se mesmo assim fores ver, então é possível que não queiras ler o que escrevo abaixo acerca do filme. Também falo um bocadito de "The Mist".

    Não vi todos os filmes que estão nesta lista, mas o Cloverfield deixou-me muito a desejar... Achei-o uma espécie de "Diário dos Mortos" só que em vez de zombies temos um monstro e os seus filhotes (inspirados em aracnídeos - demasiado típico já faziam monstros originais) a chacinarem humanos. Algo pouco típico também, como não podia deixar de ser, é o facto do filme andar à volta, quase todo o tempo, dum rapaz que vai à procura da amada, para depois a encontrar e levarem os dois com uma Nuke na tola (coitadinhos... NOT!)... O mais giro é que ele não vai sozinho e tem uns amigos sempre fieis e dotados de algo muita bom, só que não são dotados de nada de bom (o QI e QE deles é de -1000 ou menos). Alguns deles acabam por morrer o que é sempre giro. O final fica em aberto, pelo menos quanto ao assemelhado a aranha gigante.
    Pelo trailer pareceu-me ser algo novo, misterioso e giro, mas nah... Ao menos o "The Mist", que também tinha monstrinhos, inspirou-se em dinossauros e em vários insectos, mas também tem aranhas... E que tal inspirarem-se numa preguiça, ou num papa-formigas da próxima vez?! Era original de certeza!

    ResponderEliminar
  2. Hmm... então devias ver, ou pelo menos tentar ver, a maior parte dos títulos desta lista.

    Achas o Cloverfield uma espécie de Diário dos Mortos devido ao first person view style e shaky camera.
    Realmente apontas uns clichés fantásticos, os amigos que surpreendentemente seguem o protagonista, este último tem que ir ter com a namorada e por coincidência o prédio da namorada é o que está quase a ir pelos ares, os amigos morrem todos e o protagonista fica para último, etc - welcome to Hollywood sir - mas de facto considero que o estilo de câmera, apesar de pouco original (devido a títulos anteriores como o REC ou Diary of the Dead)consegue ser fantástico e melhorzinho. E discordo, o final não fica em aberto, ao menos não para mim. E o monstro nem é assim tão cliché, agora que penso,apesar de me fazer lembrar o Godzilla.

    "The Mist" não é original nas criaturas, mas o filme cria uma atmosfera incrível, para não falar do final; esse final deixou-me completamente em choque e super aziada!

    ResponderEliminar
  3. Se não estou em erro há 2 amigos (não sei se são 2 ou mais) que se vão embora num chopper antes do casal e o "super-cérebro" da câmera.
    Para mim fica definitivamente em aberto, pois não vi o aranhiçozilla a morrer e muito menos os filhotes! Sabes lá se os filhotes não se enfiaram em algum esgoto e se espalharam pelos EUA?
    Eu achei cliché e já expliquei.

    Nunca disse que era original, apenas disse que pelo menos souberam inspirarem-se em mais tretas. Mas achei o filme mau também... Só o final é que achei inesperado.

    ResponderEliminar
  4. hmm... não se vê a criatura a morrer, mas sabes que ela é bombardeada xD.

    ResponderEliminar
  5. omg star wars episódio III reallY?bem mas para mim só os primeiros é que são meeesmo bons e ainda não chegaste lá ;)
    pessoalmente gosto imenso do doonie darko *_*, é freaky, obscuro e conseguimos ficar bem wtf no final -^ , star trek sem duvida que merece constar da lista, distrito 9 vi e gostei mas para mim é daqueles filmes que acho q tão cedo não vou voltar a ver XD, serenity gosto muito e completa muito bem a série que é fantástica, e cloverfield fez.me dor de cabeça (meh), mas gostei.
    Espero que faças uma década de 2010 para incluir inception ;)!!
    e espero pelos filmes mais antigos e que reformularam completamente o genero sci-fi!!

    p.s: n t esqueças de nas cenas icónicas pores o alien! =P
    e estou à espera do top da disney decada de 90;)

    ResponderEliminar
  6. Os episódio VI, V e IV de Star Wars estarão com certeza na lista das respectivas décadas :D.
    Inception é de facto um grande filme de sci-fi =)

    Não me vou esquecer xD!

    ResponderEliminar