sexta-feira, 19 de agosto de 2011

The Midnight Meat Train (2008)

The Midnight Meat Train é um filme baseado e adaptado do conto de terror escrito por Clive Barker com o mesmo nome. Estreado em 2008, pouco se ouviu falar dele. A trama segue o jovem fotógrafo Leon (Bradley Cooper) que é desafiado por uma dona de uma galeria de arte a explorar o lado obscuro das pessoas num próximo trabalho, com o intuito dele participar numa exposição. O que de início é apenas uma investigação solitária, rapidamente se torna num verdadeiro pesadelo, ao Leon se deparar com um talhante que mata e desfaz pessoas como bifes se tratassem no último metro da noite.

Não consigo imaginar de momento outro filme que seja tão vazio, forçado e rebuscado quanto este. É difícil não conseguir apontar uma cena que não seja forçada e pouco criativa. Para não falar do lento e horrível desenrolar da trama, que apenas demonstra que substancialmente não vale grande coisa. Não duvido que seja capaz de agradar aos fãs do género, visto que é um filme visualmente agressivo, repleto de cenas gráficas de muita intensidade, gore, suspense e terror. Admito que foi um filme que me provocou imenso "mau-estar" num bom sentido, de tão perturbador que era. Penso que nesse sentido realmente fez o seu papel, tendo conseguido captar a emoção que pretendia, não obstante considerar que o uso excessivo de CGI corta um bocado essa sensação.

O argumento é interessante, mas o facto de ser pouco explorado, aliás, explorado da maneira errada, faz com que rapidamente se perca o interesse. É um filme que se centra demasiado nas mortes das setenta mil personagens secundárias, deixando o resto do filme absolutamente vazio, o que faz com se se centre em coisas desnecessárias. Não que a realização de Ryuhei Kitamura seja completamente banal; De longe isso acontece, e há que dar mérito à sua segurança e vontade de arriscar. As câmaras também são bem utilizadas em algumas cenas, pois proporcionam agilidade, energia e movimento às cenas de alta tensão.

Mas a única coisa verdadeiramente positiva que consigo destacar, é o grande esforço dos actores. É que salva mesmo o filme de cair na mediocridade. Por si já é um filme nada inesquecível e excepcional, mas ver os bons desempenhos de Vinnie Jones e Bradley Cooper constitui, sem dúvida, um aspecto bastante positivo. Vinni
e Jones é absolutamente fantástico na interpretação do serial killer, consegue transmitir ao espectador a sensação de verdadeiro horror e medo, mesmo detendo a mesma expressão facial durante o filme todo. Acho que nunca me senti tão intimidada por uma personagem. Talvez seja essa vertente negra e sinistra que o actor consegue proporcionar que seja o principal factor atractivo do filme. Bradley Cooper é, na minha opinião, dos actores mais versáteis que existe por aí, e neste filme demonstra mais uma vez a sua excelência. Foi bastante credível na sua actuação, assistimos em perfeita credibilidade à decadência psicológica de Leon.

A cereja no topo do bolo é mesmo a tentativa de surpreender com um final pessimista e ousado. Saiu totalmente ao lado, porque acho que não é possível haver final mais sem sentido ou pouco esclarecedor como em The Midnight Meat Train. Para além de acabar de repente, deixa-nos mesmo na dúvida, sendo confuso e intrigante. É mesmo aquela tentativa falhada de acabar em grande. O que pode resultar no cinema europeu e asiático, por vezes não resulta em filmes americanos. O exemplo disso é mesmo este filme... E acho engraçado o filme chamar-se "Comboio dos Mortos" quando a acção ocorre num metro. É mais uma outra pérola das traduções portuguesas (e até mesmo do título original).

Em suma, é um filme que perde imensos pontos por ser substancialmente nulo, mas para quem gosta de horror bastante gráfico de violência exacerbada, acho que encontra em The Midnight Meat Train uma boa película de entretenimento. Não é um filme que recomenda
vivamente, mas talvez reúna algumas qualidades para se ver num sábado à noite...

EXAME

Realização:
5/10

Actores:
8/10

Argumento/Enredo:
4/10

Duração/Conteúdo:
4/10

Transmissão da principal ideia do filme para o espectador:
4/10


Média Global: 5.1/10


Crítica feita por Sarah Queiroz


Informação


Título Original:
The Midnight Meat Train

Título em Português:
O Comboio dos Mortos

Ano:
2008

Realização:
Ryuhei Kitamura

Actores:
Bradley Cooper, Vinnie Jones, Leslie Bibb, Brooke Shields, Roger Bart

Trailer do Filme


5 comentários:

  1. É um filme que poderia ser infinitamente melhor, mas achei um bom entretenimento, rs

    []s

    ResponderEliminar
  2. Me lembro que eu achei um cartaz do filme pela internet e coloquei na minha lista, mas nunca me interessei pelo que realmente era. Depois de ler teu texto eu ainda pretendo ver, mas ao menos já sei o que me espera em The Midnight Meat Train.

    ResponderEliminar
  3. Ahahah, não poderia concordar mais com o que está aqui escrito. O Final foi mesmo... what? :| ahaha

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pelos comentários :)

    @ Alan : Sem dúvida que entretém, especialmente para os fãs do género. Tem imensa quantidade de gore que os fãs considerarão um espectáculo. Daí considerar que o filme possa reunir qualidades suficientes para se assistir a um sábado à noite ;)

    @ Gabriel : Acho que fazes bem em ver o filme, pode ser que gostes do filme se fores com baixas expectativas. É um filme repleto de intenções não concretizadas though. Pelo menos é essa a minha percepção. O certo é que não consegui dormir lá muito bem à noite. Passa cá quando vires ;)

    @ Nuno : Inexplicável aquele final, deixou-me completamente perplexa. Super antecipado e forçado, que não tem nada a ver com o desenvolvimento da trama. Horrível. 0.o'

    - Sarah

    ResponderEliminar