domingo, 28 de agosto de 2011

À l'intérieur (2007)

Ultimamente tenho andado bastante na onda do cinema francês, e hoje decidi ver mais um. Já referi inúmeras vezes que o horror europeu, em especial o francês, tem-me vindo a surpreender imenso, e sem dúvida que se tem relevado como a grande fonte de filmes de terror contemporâneos bem sucedidos. É que é um terror "de verdade", genuíno, pois é inesperado e literalmente brutal. Não me canso de recomendar aos fãs do género que assistam aos filmes de terror francês que tenho colocado cá, vale mesmo a pena. E a recomendação mantém-se para L'interieur. Perturbador e violento, é um filme que decerto agradará muita gente.

Esta produção conta a história de Sarah, uma jovem grávida, que sofreu um acidente de carro em que o marido faleceu. 4 meses mais tarde, está sozinha na noite de Natal, noite esta que seria a última antes do suposto parto. Só que o descanso de Sarah é perturbado quando recebe a visita inesperada de uma misteriosa mulher
, que se recusa a ir embora. Desesperada, tenta chamar a polícia e faz de tudo para se proteger dos ataques, até que começa a sentir as primeiras contrações, para além de desconhecer que a mulher misteriosa pretende sair dali com o seu bebé...

O filme é absolutamente agonizante, e é bem capaz de deixar aquela sensação de azia duradoura após a sua visualização. É que extravasa completamente a nível de violência, suspense e gore. Atrevo-me a dizer que até é em demasia, acho que levaram isso demasiado ao extremo. Talvez pelo filme ser ligeiramente mais fraco a nível de argumento, tiveram a necessidade de exagerar o nível de brutalidade para compensar o facto do argumento ser desconexo. Sim, porque apesar de tudo, existem cenas um bocado forçadas e sem sentido
. No entanto, L'interieur é um filme que incomoda bastante, no bom sentido, pois inevitavelmente o espectador vê-se colado ao ecrã a seguir a evolução da história, porque de facto prende bastante e o clima de tensão que o filme gera não deixa ninguém indiferente. O filme assenta bastante na atmosfera que cria, que é de cortar a respiração!

O cinema francês está verdadeiramente repleto de talentos, isto porque Béatrice Dalle apresenta-se mais aterrorizante que nunca, e Alysson Paradis revela uma credibilidade incrível no seu desempenho. Alysson é a irmã mais nova de Vanessa Paradis, a mulher de Johnny Depp. Devo realçar novamente a performance de Béatrice Dalle, é que está absolutamente abismal e aterradora.

Para concluir, voltarei a repetir-me: é um filme altamente recomendável para fãs do género, especialmente para quem gosta de filmes pouco convencionais de violência excessiva. Este é para vocês!


EXAME


Realização: 7/10
Actores: 8/10
Argumento/Enredo: 7/10
Duração/Conteúdo: 7/10
Transmissão da principal ideia do filme para o espectador: 7/10

Média Global: 7.2/10

Crítica feita por Sarah Queiroz

Informação

Título Original: L'interieur
Título em Inglês: Inside
Título em Português: A Invasora
Ano: 2007
Realização: Alexandre Bustillo, Julien Maury
Actores: Béatrice Dalle, Alysson Paradis, Nathalie Roussel

Trailer do Filme:



3 comentários:

  1. Nossa, vou correndo procurar esse. Os últimos filmes de terror que eu vi foram fraquíssimos, acho que a maior nota que eu deu foi 5. E eu, que adoro o gênero, só estou esperando algo pra me surpreender. Quem sabe esse francês não seja o que estou procurando?
    Abraços

    ResponderEliminar
  2. À L'interieur é um filme bastante bom, recomendo vivamente! ^^

    ResponderEliminar
  3. Acho "À L'interieur" bem melhor que Martyrs! :D

    ResponderEliminar