terça-feira, 2 de agosto de 2011

A Melhor Despedida de Solteira (2011)

Quando vi o trailer de Bridesmaids soube instantaneamente que o teria de ver ao cinema, o mais rápido possível. Despertou-me imensa curiosidade ver uma comédia totalmente liderada por mulheres que parecia genuinamente engraçada, pois é totalmente refrescante essa noção. Pareceu-me igualmente ser um filme em que se apostava seriamente na vertente humorística, e fiquei mesmo com a ideia de que ia-me deparar com cenas verdadeiramente engraçadas. Adianto desde já que fiquei desiludida por algumas cenas que constam no trailer não aparecem no produto final. Mesmo assim não invalida o sucesso do filme.

Esta comédia tem uma premissa simples: Annie tem a sua vida numa verdadeira desgraça, pois não só está falida, como também está mal de amores. Quando a sua melhor amiga Lilian lhe revela que vai se casar, Annie terá a difícil tarefa de ser a
dama de honor, tarefa esta que se vai revelar muito mais difícil do que ela imaginava. A história não é propriamente inovadora, ou seja, não é muito diferente da de outras comédias românticas. Já sofreu até mesmo comparações com o filme "A Ressaca", apesar de considerar que pouco tem a ver. "A Melhor Despedida de Solteira" conta com um argumento inteligente e divertido, com cenas bastante hilariantes, mas não deixo de pensar que poderia ir mais longe, ou ser menos simples. Curiosamente foi Kristen Wiig, que interpreta a personagem principal, que co-escreveu o roteiro. Considero que fez um trabalho satisfatório, apesar de não ser totalmente inovador.

Um grande ponto positivo de Bridesmaids é que é um filme de mulheres genuínas. São personagens imensamente bem construídas, diferentes e interessantes que qualquer mulher facilmente se poderá identificar. Cada uma tem os seus dramas e histórias, e acho mesmo que essas diferenças trazem bastante dinâmica e interesse ao filme. E claro que cada personagem conta com uma fantástica actriz a interpretá-la. A minha única e principal
crítica é que a personagem principal Annie, interpretada por Kristen Wiig, consegue rapidamente passar de adorável e engraçada, a chata e irritante. Achei que várias cenas no filme a personagem está demasiado exagerada. Sei que o objectivo provavelmente seria evidenciar a crise nervosa, mas achei demais. No entanto, no geral, todo o elenco oferece-nos performances de verdadeira qualidade, destacando a actriz Melissa McCarthy, no papel de Meagan.

Não me enganei na minha primeira impressão: sem dúvida que é uma comédia bastante sólida que proporcionará momentos verdadeiramente hilariantes. Só que, não sendo isento de falhas, falta-lhe aquela consistência que evitaria o filme de cair no esquecimento. Porém, recomendo vivamente a irem ver (e não, não é só um filme para raparigas!), especialmente se procuram passar um bom momento no cinema, porque nesse espírito não se desiludirão com certeza.


EXAME


Actores: 8/10
Realização:
7/10
Duração/Conteúdo:
6/10
Argumento/Enredo: 6.5/10
Transmissão da mensagem para o espectador:
7/10

Média Global: 6.9/10


Crítica feita por Sarah Queiroz


Informação

Título em português:
A Melhor Despedida de Solteira
Título Original:
Bridesmaids
Realização:
Paul Feig
Ano: 2011
Actores:
Kristen Wiig, Jessica St. Clair, Terry Crews, Rose Byrne, Maya Rudolph

Trailer do filme:


3 comentários:

  1. Em geral não sou muito chegado a comédias, Sarah. Mas eu me interessei por Bridesmaids porque é co-escrito e estrelado por Kristen Wiig (que há um bom tempo é a melhor do elenco de Saturday Night Live).

    Muita gente falou que esse é um "The Hangover" para mulheres e muitos outros falaram que esta é uma das melhores comédias dos últimos tempos. E que, como você salientou, retrata as mulheres de uma maneira mais verdadeira.

    O grande problema é que aqui no Brasil vai estrear somente em 9 de Setembro! Isso porque estreou nos EUA em 28 de Abril! O calendário de estréias daqui é um absurdo, muitas vezes os filmes chegam somente depois que foram lançados em DVD lá fora (ou seja, mais fácil encontrar um torrent).

    Talvez um dia eu veja Bridesmaids... em casa... de graça... :D

    ResponderEliminar
  2. Destas comédicas românticas... só em casa, num dia em que não tenha mais nada para fazer e me apeteça pegar neste filme. Mas se tu já recomendas já significa muito para mim Sara, senão até podia nunca o ver...

    ResponderEliminar