domingo, 4 de novembro de 2012

Paranormal Activity 4 (2012)

Mais um filme fabricado à velocidade da luz para os fãs da saga digerirem.

Por alturas de Halloween, já é esperado uma coisa: termos um novo Actividade Paranormal à porta. Ora vejamos. Actividade Paranormal foi a novidade. Actividade Paranormal 2 foi basicamente uma extensão do primeiro. Actividade Paranormal 3 era o melhor da saga até ao momento. O que dizer de Actividade Paranormal 4
A história do filme arranca de onde PA2 terminou: Katie (Kathie Featherston) matou a irmã Kristi (Sprague Grayden) e o cunhado Daniel (Brian Boland), levando consigo o sobrinho Hunter. Passam cinco anos e agora ela vive com o pequeno Robbie (Brady Allen). Do outro lado da rua, mora a adolescente Alice (Kathryn Newton) que não consegue deixar de observar a estranheza do miúdo. Quando o rapaz começa a arrastar e influenciar o irmão mais novo de Alice, o terror regressa.

Quando o terceiro filme estreou, e tal como apontei na minha análise o ano passado, achei que os realizadores foram muito inovadores. Uma prequela parecia ser algo bastante estranho, mas acabou por ser a lufada de ar fresco que a saga precisava, para não falar da câmera giratória inovadora.Agora, PA4  não traz nada de tão espectacular assim. Alice e o seu amigo Ben acham estranho o comportamento misterioso de Robbie, portanto ambos decidem usar tecnologia para investigá-lo. Essa tecnologia são as câmeras dos portáteis. Portanto, o filme é passado com conversações de Skype e muito
shaky camera. A única inovação mas que depressa se torna aborrecida é o kinect da Xbox.

O ano passado disse que seria do meu agrado que um possível quarto filme se focasse na actualidade, para sabermos o paradeiro de Katie e Hunter. Na actualidade até que se passa, mas sabermos mais sobre Katie e Hunter é que não. A história não tem lógica, tendo um terceiro acto sem cabimento algum e que nos leva a pensar mesmo o porquê da existência da personagem Robbie. De facto todo o filme é para encher chouriços, até porque já confirmaram um Actividade Paranormal 5, a estrear em Outubro de 2013.
Outro aspecto negativo neste filme é a superficialidade em que está mergulhado. Uma das razões que me faziam gostar desta saga era a naturalidade de todos os eventos, parecendo mesmo que estávamos a ver pessoas verdadeiras e acontecimentos verídicos. Com este filme não acontece. Tudo é muito forçado e o facto de Alice filmar mesmo tudo, incluindo o que não é nada relevante, contribui para isso.

Ao contrário dos seus antecessores, pouco ajuda a compor este quarto capítulo. Tudo acontece porque sim, não há coesão entre cenas ou sustos; é tudo uma mixórdia de sequências, muitas vezes previsíveis com sustos baratos (que só valem pelo som e não pela cena per se). 
O melhor?  Os momentos divertidos por parte de Alice e Ben e a última cena. Esta é forçada e "mesmo à filme", porque na realidade nunca seria a conduta tomada pela personagem, mas vale pelo verdadeiro e único susto a longo prazo que nos prega. Nos últimos minutos do filme é garantido - vão gritar tudo aquilo que queriam gritar durante todo o filme. E isso é um aspecto muito positivo, porque quase faz esquecer a mediocridade de desencadeamento lógico que o filme tomou.

Paranormal Activity 4 é, de longe, o pior da saga. É, na sua essência, um filmezito forçado de Halloween com sustos “de repente” ali e acolá que os realizadores criaram à velocidade da luz para os fãs da saga. Contentam-se em criar mais questões do que responder. Progressão e evolução na história? Nem vê-las. Porque se calhar no fundo nem há história.


EXAME 

Realização
: 4/10
Actores: 8/10 
Argumento/Enredo:
 2/10
Duração/Conteúdo: 4/10 
Transmissão da ideia principal do filme para o espectador:
 3/10

Média Global: 4.2/10

Crítica feita por Joana Queiroz


Informação

Título em português: Actividade Paranormal 4
Título Original: Paranormal Activity 4
Ano: 2012
Realização: Henry Joost e Ariel Schulman
Actores:  Katie Featherston, Kathryn Newton e Matt Shively


Trailer do filme:



VER TAMBÉM:

Paranormal Activity (2007), por Sara Queiroz

Paranormal Activity 2 (2010), por Joana Queiroz

Paranormal Activity 3 (2011), por Joana Queiroz

0 comentários:

Enviar um comentário