quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Stir of Echoes (1999)

Sou especialmente fã do terror dos anos 90. É mesmo diferente ao que se assiste hoje em dia, pois são poucos os que apostam no suspense e argumento em vez dos litros de sangue que actualmente são a primeira prioridade em detrimento da substância do filme. Este título é um exemplo de um filme que, apesar de ter passado despercebido na altura em saiu, assume-se como dos thrillers mais intensos, mas subestimados, dos anos 90. Espíritos Inquietos é um filme protagonizado por Kevin Bacon, que conta a história de Tom Witzky (Kevin Bacon) que, numa festa, aceita ser hipnotizado pela cunhada Isa (Illeana Douglas). O que começou por ser uma simples brincadeira acaba por fazer com que Tom seja assombrado por estranhas visões sobrenaturais, pois a hipnose abriu-lhe uma "porta" no cérebro que fez com que ele se tornasse um receptor de tudo o que lhe envolve. Obcecado com isso, Tom tenta descobrir o que causou esta mudança e decide investigar o mistério que lhe começa a consumir a vida, envolvendo a sua própria família...

Não é um filme de outro mundo, é competente, mas mediano. E isso, neste caso, é um aspecto positivo. É daqueles filmes perfeitos para um serão de sexta à noite que, não sendo espectacular, continua a ter a capacidade de captar a atenção do espectador, vivendo sobretudo da atmosfera envolvente que cria. Para já, tem uma consistente e boa história, que causam aquela intriga genuína sem ser preciso contar com efeitos especiais exagerados ou até mesmo criaturas do além. É esse aspecto mais "real" que fazem o filme assentar numa base sólida, típico dos anos 90. A única razão pela qual eu penso que Stir of Echoes não tenha sido um sucesso comercial foi que O Sexto Sentido saiu pouco antes, sendo as comparações inevitáveis devido à semelhança de história (ambos retratam a habilidade de ver fantasmas). No entanto, sou daquelas que defende que o primeiro, apesar de inferior ao segundo, é um thriller igualmente intenso que está bem conseguido autonomamente.

Outro grande trunfo é o facto de ser um filme genuinamente interpretado por Kevin Bacon. O actor está imensamente bem no papel de um pai cujo cepticismo vai ser posto em causa, revelando ser a âncora da película. Kathryn Erbe, enquanto mulher de Bacon, também cinge-se ao que lhe compete e Zachary David Cope faz ao filme o que Haley Joel Osment faz em O Sexto Sentido: o papel do miúdo assustador que consegue ver fantasmas. Gostei imenso da prestação de Zachary Cope, bastante credível e expressivo.

É como referi: Stir of Echoes é um filme competente, mas não passa muito disso. É eficaz sim, mas não roça a espectacularidade. Mas apesar disso e de não ganhar prémios de originalidade, consegue ser um thriller bastante sólido com momentos de verdadeira tensão. Vale a pena dar uma olhadela.



EXAME

Realização: 7/10
Actores: 8/10
Argumento/Enredo: 7/10
Duração/Conteúdo: 7/10
Transmissão da ideia principal do filme para o espectador: 7/10

Média Global: 7.2/10

Crítica feita por Sarah Queiroz


Informação

Título original: Stir of Echoes
Título em português: Espíritos Inquietos
Ano: 1999
Realização: David Koepp
Actores: Kevin Bacon, Zachary David Cope, Kathryn Erbe, Illeana Douglas, Kevin Dunn

Trailer:

1 comentário: