quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Yes Man! (2008)

"One word can change everything."

Desde que v
i o trailer para "Yes Man", tive imensa curiosidade em ir ver o filme. Era mesmo obrigatório para mim! Não só devido ao facto de admirar bastante o Jim Carrey enquanto actor, como também achei muito interessante a temática abordada, isto é, apenas o Sim nos pode abrir portas às novas oportunidades na vida, o que acaba por ser diferente. Também nos dá uma lição de que, ás vezes, devemos pensar duas vezes nas nossas opções antes de tomarmos decisões..

Os últimos filmes de Carrey (Number 23 e Fun with Dick and Jane) foram um pouco arrasados pela crítica, o que me levou a especular acerca da performance de Carrey neste filme. Mas foi uma especulação completamente inútil, claro. Não há como negar que este actor é dos melhores comediantes de Hollywood, e neste filme simplesmente brilhou.

É sem dúvida o grande regresso de Carrey aos sucessos de bilheteira. Mas as críticas são sempre duras com Jim Carrey! Yes Man é um filme com bastante potencial humorístico, mas que, comparado com filmes passados do actor, passa um pouco ao lado. Não deixa de ser um bom título a ver, porque tem, de facto, cenas bem conseguidas e engraçadas, que vão deixar os fãs de Carrey malucos. Mas não é nada de que já não tenhamos visto dele no passado.

O que aconteceria se nos víssemos forçados a dizer Sim a tudo? Tudo mesmo! Yes Man conta a história de Carl Allen (Jim Carrey), um ser absolutamente negativo que se submete a um programa de auto-ajuda que o encoraja a dizer Sim a todas as oportunidades que lhe surgirem á frente. Isso terá consequências na sua vida no trabalho e no campo amoroso, pois conhece a "laid back" e "free-spirit" Allison (Zooey Deschanel). Deixem-me já falar desta rapariguinha.. sem dúvida que conseguiu fazer um bom trabalho neste filme, e é mesmo super carismática (claro está que nínguem tira o protagonismo a C
arrey), mas secalhar devido ao trauma que tenho com The Happening, simplesmente não consigo gostar de vê-la actuar, não me convence muito enquanto actriz. Mas é muito queridinha, aqueles olhos gigantes parece que foi tirada de uma série manga japonesa. Prefiro mil vezes a irmã dela (Emily Deschanel, protagonista da série "Ossos"). No entanto, neste filme conseguiu transmitir uma tranquilidade que constrastou com o humor exagerado de Carrey, o que resultou muito bem. Temos outros actores bastante bons também, como Bradley Cooper (adorei-o na série A Vingadora) e John Michael Higgins. Para não falar de Rhys Darby, que interpreta o patrão ''nerd'' de Carl. Está absolutamente fantástico neste filme, mesmo cómico! ("expelliarmuuuusss!" vejam o filme que perceberão..)

Obviamente que esta história (o de dizer Sim a tudo) leva a situações bastante comprometedoras e hilariantes, em que Carrey nos deixa com dores na boca de tanto rir, ele tem aquela genialidade, aquele talento nato! No entanto, e tenho a certeza que vou parecer um bocadinho contraditória, ficamos com aquela sensação de
que poderia ter sido mais cómico, ou ficamos apenas com um vazio, de que faltou alguma coisa. Talvez a falha seja na realização, na minha opinião, Peyton Reed não pegou no enredo como deve de ser, não o expôs da maneira mais genial (apesar das cenas bastante cómicas aqui e acolá).. Deixa um bocado a desejar no fim, digamos assim. Para não falar nas semelhanças com o filme "Liar Liar" (Carrey é obrigado a dizer sempre a verdade)! Mas apesar destas falhas, é um filme que entretém, e vê-se mesmo na boa!

O que posso dizer mais? Digam antes vocês.. Digam Sim ao filme, que valerá a pena !

EXAME

Realização: 6/10
Actores: 8/10
Argumento/Enredo: 7/10
Banda Sonora: 7/10
Duração/Conteúdo: 7/10
Transmissão da principal ideia do filme para o espectador: 7/10

Média Global: 7/10

Crítica feita por Sara Queiroz


Informação

Título em português: Sim Senhor!
Título original: Yes Man!
Ano: 2008
Realização: Peyton Reed
Actores: Jim Carrey, Zooey Deschanel, Bradley Cooper

Trailer do filme:

0 comentários:

Enviar um comentário