terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Hot Fuzz (2007)

Edgar Wright é um realizador a ter em conta. Ainda não detém uma extensa filmografia, mas todos os filmes que realiza são soberbos, e é assim que o realizador vai construindo uma grande carreira. Depois do sucesso de "Shaun of the Dead", Edgar Wright brindou-nos novamente com o seu brilhantismo, inconfundivelmente british, em Hot Fuzz. Comparar as duas obras é um erro; Shaun of the Dead inclina-se claramente para o género zombie, enquanto que Hot Fuzz alarga ligeiramente os horizontes. Não que ultrapasse o seu antecessor, são ambos igualmente bons. Só que, em Hot Fuzz, Edgar Wright foi mais ambicioso, e conseguiu criar uma comédia que estilhaça qualquer produção norte-americana. E de longe!


É daqueles filmes que vale mesmo a pena, pois não só é carregado de humor tipicamente britânico, como também conta com a dupla Simon Pegg/Nick Frost, perfeita até dizer chega, que funciona a todos os níveis. Para mim este filme foi uma verdadeira surpresa. Não pensei que Edgar Wright pudesse repetir a dose; Hot Fuzz revela ser, como o seu antecessor, uma paródia inteligentíssima que mistura humor negro com acção.

Nicholas Angel (Simon Pegg) é, de longe, o melhor agente policial de Londres. Contudo, e devido à inveja dos seus colegas, é transferido para uma pequena cidade do interior, onde aparentemente o trabalho mais duro é ajudar as velhinhas a atravessarem a rua e ir atrás de um cisne. Porém, coisas estranhas e macabras começam a acontecer com a população local, e Nicholas terá que utilizar novamente toda a sua habilidade policial, com a ajuda do seu novo parceiro Danny (Nick Frost). Hot Fuzz é ligeiramente grande em duração, talvez até excessivo, mas todos os minutos são de puro entretenimento. Temos um bom e gradual desenvolvimento de personagens que depois culmina em grandes cenas de acção, com comédia à mistura. É a junção perfeita de géneros, em que o lado divertido jamais tem um momento morto.

Simon Pegg é um actor excepcional, não há filme em que ele participe que não seja bom. Podemos contar com uma performance magnífica do actor, aqui numa vertente mais séria, mas mesmo assim bastante cómica. A parceria com Nick Frost é mais uma vez de arrebentar a escala! O restante elenco não fica nada atrás, aliás, tal como em Shaun of the Dead, este filme tem um elenco de luxo, maioritariamente composto por grandes nomes da Britcom: Jim Broadbent, Timothy Dalton e Bill Nighy são dos grandes nomes que integram o elenco secundário, e claramente fazem um papelão genial!

Temo que tenha que vir a ser repetitiva, mas pretendo evitar isso. Só me resta sublinhar o que tenho dito: Hot Fuzz é um filme muito divertido carregado de humor, que agradará os fãs do género (especialmente os seguidores da dupla Pegg/Frost). A não perder!

EXAME


Realização: 9/10
Actores: 10/10
Argumento/Enredo: 8/10
Duração/Conteúdo: 7/10
Transmissão da ideia principal do filme para o espectador: 8/10

Média Global: 8.4/10

Crítica feita por Sarah Queiroz


Informação


Título em português:
Título Original: Hot Fuzz
Ano: 2007
Realização: Edgar Wright
Actores: Simon Pegg, Nick Frost,
Jim Broadbent, Timothy Dalton e Bill Nighy

Trailer:




VER TAMBÉM:

Shaun of the Dead (2004)


8 comentários:

  1. Adoro este filme! E tudo o que Edgar Wright faz, claro. :D
    É nítido o amor dele pelo cinema em todas as suas obras.

    E este é o segundo filme de sua "The Three Flavours Cornetto Trilogy". O primeiro é "Shaun of the Dead" e o terceiro será "The World's End" que não sabe-se ao certo sobre o que será mas não é difícil imaginar. :)

    ResponderEliminar
  2. Vi este filme pela primeira vez no Hollywood. É muito bom e adoro a dupla Frost/Pegg.

    ResponderEliminar
  3. Adoro todosss os filmes do Edgar Wright, ele é um génio! Sim, o último ainda não se sabe o conteúdo. Deve estrear lá para 2014, mas aposto que vai envolver monstros ahah.

    Sarah
    http://depoisdocinema.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Divirto-me imenso com esta parceria destes actores com Wright...


    Abraço
    Frank and Hall's Stuff

    ResponderEliminar
  5. Ta aí um filme que na época eu não dava nada e me surpreendeu, bem divertido. Bela crítica!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  6. Olá Sarah.
    Chamo-me Carlos Duarte, tb sou cinéfilo, embora há muito que não escreva sobre isso. Tb fiz uma critica ao filme Hot Fuzz no meu blogue e vi-o no cinema. Estreou em cinema em muitas salas, em 2007, isso te posso garantir, pois trabalho num cinema da minha área de residência. Perdoa a minha correcção ao teu texto sobre isso, mas achei que o devia fazer.
    Parabéns, tens aqui um blogue interessante.
    Bom cinema.

    ResponderEliminar
  7. Yep, grande filme mesmo. A dupla Simon Pegg/Nick Frost é quase imbatível.

    ResponderEliminar