sábado, 23 de fevereiro de 2013

TOP 10 Melhores: Horror Remakes


O nosso TOP 10 Melhores irá desta vez incidir sobre uma temática que é bastante problemática. 
Não é segredo que, sendo eu uma verdadeira "purista", nunca gostei particularmente de "remakes" de filmes de terror. Aliás, havia alturas em que me perguntava o porquê destes filmes serem tão susceptíveis a uma "reciclagem". Reciclagem esta que, de modo geral, era francamente má. A ideia que parece estar patente é que Hollywood está a ficar sem ideias. E há filmes que são intocáveis e deveriam permanecer assim. Fazer um TOP dos piores "remakes" seria uma tarefa impossível, pois a lista seria infindável. Mas ao longo dos tempos, comecei a ser mais receptiva aos "remakes" e até admito que alguns evidenciaram ser necessários. Aliás, uns até demonstraram ser excepcionalmente bons.

Relembro novamente que esta lista é inteiramente subjectiva. Relativamente às imagens, as que estão a preto e branco são referentes aos filmes originais, sendo que as que estão a cores são as dos remakes. Segue de seguida, o meu TOP 10 dos "remakes" de filmes de terror, isto é, os "remakes" que, na minha opinião, conseguiram atingir um excelente nível, sendo, quiçá, facilmente equiparados ao filme original.
Partilhem connosco a vossa opinião!


10. Cape Fear (1991)

Photobucket

 O remake de Martin Scorsese do filme de 1962 é daqueles que simplesmente resultou, superando o original em qualidade. É um thriller que mistura elementos de terror e suspense, numa intriga tal que só queremos chegar ao final do filme para ver como acaba! É a fórmula típica do início da década de 90, e que conta com Robert de Niro no seu melhor, sendo esse mesmo o factor distintivo entre os dois filmes. De Niro eleva "Cape Fear" a um nível monumental com a sua interpretação de Max Cady.

Trailer

 



9. The Last House on the Left (2009)

Photobucket

Tal como o filme original, este é igualmente brutal e visceral. Não é, decerto, daqueles filmes fáceis de aguentar visualmente. Este remake do clássico de Wes Craven (de 1972) está muito competente, pois, tal como o original, no meio da violência exacerbada que nos é apresentada, conseguimos à mesma prender-nos ao ecrã, derivado da intensa e inevitável ligação que nos é possibilitado criar com as personagens. Seguimos uma verdadeira história de vingança que não deixa ninguém indiferente. Para mim foi das maiores supresas de 2009, visto não estar à espera de ter gostado tanto como efectivamente gostei. Isto porque o original foi imensamente controverso e tornou-se um filme de culto, tendo o remake conseguido corresponder ao nível.

Trailer

 


8. Bram Stoker's Dracula (1992)

Photobucket

O filme de Francis Ford Coppola de 1992 consegue ser dos meus filmes de terror preferidos de todo o sempre, isto porque é invulgar e indiscutivelmente a mais sólida adaptação da obra de Bram Stoker. Coppola conseguiu criar um filme obscuro e gótico, coadjuvado com derradeiro romance, e é isso que o torna invulgar e apaixonante. Muitos poderão não considerá-lo como um "remake", dependendo também da perspectiva que tenham em relação aos filmes do Dracula. Na minha opinião, este filme supera aos pontos o filme de 1931, pois Gary Oldman faz uma interpretação absolutamente estrondosa que (desculpem-me a ousadia) Bela Lugosi jamais conseguiria fazer.

Trailer

 



7. The Grudge (2004)

Photobucket

"The Grudge" é o remake americano do original japonês "Ju-On" de 2003. Adorei o original, sem dúvida alguma, não obstante as suas falhas. Takashi Shimizu é um realizador com uma visão peculiar , optando sempre pela violência implícita carregada de intensidade psicológica. Nesses termos, o original não falhou em dar valentes sustos, sem dúvida alguma, e foi um marco no cinema japonês. Eu geralmente não posso com remakes destes filmes, pois sou acérrima defensora do cinema japonês, e a maior parte dos remakes são uma verdadeira tristeza. Mas foi Takashi Shimizu que assumiu as rédeas do remake, pelo que fui mais receptiva. Ora bem, este filme, salvo melhor expressão, amedrontou-me de morte. Fiquei noites sem dormir, só a relembrar a Kayako. É um exemplo de um remake muito bem sucedido que, na minha opinião, conseguiu superar o original. As sequelas é que, enfim, nem vale a pena tecer comentários.


Trailer
 



6. The Hills Have Eyes (2006)

Photobucket


Não quero que ninguém me caia em cima, mas o "remake" de The Hills Have Eyes é aquele exemplo que referi acima da "necessidade de reciclagem". Este sim, foi mesmo um "remake" necessário. Isto porque a versão original de Wes Craven (de 1977) não está nada por aí além, roçando mesmo o aborrecido. Sim, sou muito pouco fã do original. Felizmente, Alexandre Aja conseguiu pegar nas ideias do original e torná-lo bastante mais apelativo e assustador, sendo dos "remakes" mais fantásticos da história de Hollywood. Vale mesmo a pena conferir!


Trailer

   



5. Let me In (2010)

Photobucket


O filme original é facilmente dos melhores filmes de vampiros da última década, razão pela qual a notícia de que haveria um remake foi um verdadeiro choque para os fãs. Só que, a versão de Matt Reeves surpreendeu bastante, revelando ser bastante competente. Para além de ter um elenco excepcional - com destaque para Chloe Moretz - e trilha sonora que comove, tem todos os elementos que o tornam consistente, estando ao nível do original.


Trailer

 



4. The Ring (2002)

Photobucket

É o melhor remake americano de um filme japonês, isto porque captura na perfeição a essência e os elementos característicos do tal "terror implícito" do filme original. "The Ring" tornou-se o primeiro "remake" de um filme asiático a ser tão bem sucedido, e tornou-se icónico devido à personagem Samara (aquela cara de anjinho não engana ninguém...). Não vejo a necessidade de me debruçar sobre o argumento, que decerto já é bastante conhecido, apenas sei que a frase "morrerás dentro de 7 dias" tornou-se um fenómeno de culto instantâneo. "Ringu" (1998) é sem dúvida um filme assombroso, constando do meu TOP 10 de filmes asiáticos, mas considero que o remake, por ser mais assustador, consegue superá-lo.

Trailer

 



3. The Fly (1986)

Photobucket

O "remake" de David Cronenberg do filme original de 1958 é indiscutivelmente do mais genial de sempre, e é um filme que tem de ser visto obrigatoriamente pelos fãs do género. Não só é um excelente remake, como é um fantástico filme de terror em termos gerais. A abordagem de Cronenberg é assombrosa, ao pegar na premissa do original e conseguir levá-lo a mais extremos, expandindo o seu conteúdo a níveis muito mais satisfatórios. Sem contar que Jeff Goldblum e Geena Davis estão fenomenais neste filme. Mas é claro que o filme de '58 protagonizado por Vincent Price, é igualmente fantástico.

Trailer

 



   2. Dawn of The Dead (2004)

Photobucket

Sou uma fã massiva de George Romero e Dawn of the Dead (1978) consta indiscutivemente no meu top pessoal de filmes preferidos. Se eu já apriori não era propriamente fã de remakes, achava que fazerem deste clássico era um crime autêntico. Em 2004, o realizador Zack Snyder decidiu "reciclar" o intocável Dawn of the Dead (1978), e felizmente, resultou num dos remakes mais bem conseguidos de sempre! Se bem que, na minha opinião, por divergir imenso do original, é mais "unmake" do que um "remake". Vale mesmo muito a pena ver, foi uma lufada de ar fresco no género zombie.

Trailer

 



1. The Thing (1982)

Photobucket

Quase que nem preciso de justificar porque é que é o meu número 1 deste TOP. É um título que simplesmente fala por si: The Thing é um clássico e dos melhores filmes sci-fi/horror de sempre. Lançado em 1982, o remake de 1951 resulta essencialmente por uma razão: John Carpenter. Este realizador é um ícone e um visionário, sou mesmo uma grande fã. Além disso, é muito assustador e em termos gerais é um excelente filme, com um elenco formidável, com um argumento rico, e com uns efeitos especiais que decerto irão surpreender muito boa gente. É o meu #1 por inúmeras razões. É que não só é o melhor remake de todos os tempos, como é o melhor filme sci-fi/horror alguma vez feito. E duvido que haja algum que conseguirá superar este feito.

Trailer

 



Outros

Evil Dead 2 (1987)
The Invasion of Body Snatchers (1978)
Halloween (2007)
The Texas Chainsaw Massacre (2003)
Amytiville Horror (2005)


Por Sarah Queiroz


Partilhem connosco a vossa opinião!

5 comentários:

  1. Vi apenas alguns da lista, mas lembro-me que vi o Ring americano e quando vi o Ringu japonês, fiquei desiludido. Estava à espera que o original fosse melhor, mas ás vezes temos surpresas :)

    ResponderEliminar
  2. Adoro esta lista, já vi quase todos e, no geral, tanto os mais antigos como os remakes são de grande qualidade, mesmo quando têm ambientes bem diferentes, como o The Fly ou o Dracula. Já agora, a cena na roulote no novo The Hills Have Eyes é das mais intensas que tenho memória!

    ResponderEliminar
  3. O Cape Fear não o alinho no género terror... mas é um histórico no caso dos "remakes que superam o original" mas nunca vi o original.

    O The Fly do Cronenberg é também largamente superior ao original, que neste caso já o vi e é apenas interessante.

    O The Ring americano realmente resulta melhor que o original pois é um produto melhor produzido (o original parece bem inferior neste aspecto - mas como só vi o Ringu, na tv e muito depois do americano... ficou-me essa ideia*) e fica bem mais cativante de se ver. Aliás, este The Ring, é outro histórico e consensual no caso dos remakes que superam o original.

    O The Thing original nunca vi... mas o remake (que dizem nem sequer ser bem um remake mas inspirado em) do Carpenter é outro grande filme. Curiosamente, o "The Thing" recebeu uma nova incursão em 2011, que muita gente erradamente a caracteriza de remake quando não o é sequer (é uma desnecessária prequela com "caderno de encargos", que na verdade até gostei imenso!)

    Agora o caso do The Grudge... discordo. O original é, para mim, a milhas de superior. Aliás, este The Grudge entra naquele tipo de remake que chamo de "remake-de-importação" (uma forma de os americanos verem sem legendas um filme com quase tudo iguazinho ao original, onde todos os lucros capitalizam internamente - mas normalmente são desnecessários pois bastava verem a obra estrangeira e estavam melhor servidos)

    O caso do "Let Me In" é outro que nunca sequer me dei ao trabalho de ver pois se tiver muita vontade meto o DVD do original sueco e fico maravilhado (e faz esquecer que existe uma "versão de importação" - já me bastou ver o do Fincher ao Millenium 1 e... é bonzinho mas pfff!)


    * obs: não há nada como o impacto da primeira vez de uma obra, e quando se vê o depois do antes, é natural que reste a sensação de o original parecer inferior.
    Por exemplo, ainda há uns meses atrás vi o interessante remake do, o "I Spit On Your Grave" e achei-o muito decente (epá, isto dito de um filme onde tudo o que se passa nele é indecente, é dose) mas ainda não vi o original e digo que foi o remake que me cativou a querer descobrir o antecessor... coisas...

    ResponderEliminar
  4. Uma lista interessante, e concordo em absoluto com o Número 1. Embora não seja exactamente um remake, mas uma versão alternativa, supera de longe original.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  5. Veja o top 10 melhores filmes de terror em: http://topfilmesdterror.blogspot.com.br/p/1-0-halloween-noite-do-terror-1978.html

    VEJA OS MELHORES DE 2012 TAMBÉM EM: http://topfilmesdterror.blogspot.com.br/p/assistir-resident-evil-5-retribuicao.html

    ResponderEliminar